Home / Movimentos Pastorais / Igreja terá 23 novos beatos e veneráveis

Igreja terá 23 novos beatos e veneráveis

Em comunicado, o Vaticano divulgou hoje, 23, a decisão do papa Francisco em autorizar a publicação de 11 decretos que reconhecem um milagre, 21 martírios e 7 virtudes heroicas de religiosos e leigos. Os futuros beatos e veneráveis viveram em países como África do Sul, Bolívia, Cazaquistão, Espanha, Estados Unidos, Itália, Filipinas e Ucrânia. A Igreja Católica terá em breve 23 novos beatos e 7 novos veneráveis Servos de Deus.

Beata e mártires

A Pontifícia Congregação para Causa dos Santos reconheceu o milagre atribuído à intercessão de Maria Teresa Casini, Fundadora da Congregação das Irmãs Oblatas do Sagrado Coração de Jesus. Após o reconhecimento, será atribuído a religiosa será chamada de beata Maria Teresa Casini.

Outros 22 futuros beatos serão elevados à glória dos altares sem a necessidade da comprovação de milagre. Eles foram reconhecidos pelo testemunho de fé por meio de martírio. Destes, 21 são religiosos e religiosas assassinados por ódio à Fé durante a Guerra Civil espanhola: irmã Fidelia e duas companheiras religiosas do Instituto das Irmãs de São José de Girona e Padre Pio Heredia e 17 companheiros e companheiras das Ordens dos Cistercienses da Estreita Observância (Trapistas) e de São Bernardo. Também foi reconhecido o martírio do leigo Tshimangadzo Samuele Benedetto Daswa, morto por ódio à Fé na África do Sul em 1990.

A Igreja irá declarar, também, outros 4 religiosos e religiosas e 3 leigos como Veneráveis Servos de Deus.

Com informações do Rádio Vaticano. 

Veja Também

Imposição do pálio acontecerá nas sedes episcopais

Os arcebispos metropolitanos nomeados pelo papa Francisco desde última solenidade de São Pedro e São ...

Deixe uma resposta