Home / Formação Pastoral / Congresso da Pastoral Familiar

Congresso da Pastoral Familiar

Congresso da Pastoral Familiar recebeu mensagem do Papa Francisco

Congresso da Pastoral Familiar recebeu mensagem do Papa Francisco

Na abertura do XV Congresso Nacional da Pastoral Familiar, que aconteceu de 8 a 10 de setembro, em Cuiabá (MT), após discursos dos bispos e casais coordenadores do regional Oeste 2 e nacional, o assessor da Comissão Episcopal Pastoral para a Vida e a Família da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), padre Jorge Alves Filho, surpreendeu os presentes com uma carta enviada pelo papa Francisco para o encontro.

O papa Francisco exortou os participantes a abrirem-se “às luzes e moções do Espírito Santo, lembrando que ‘cada família, mesmo na sua fragilidade, pode tornar-se uma luz na escuridão do mundo’ (Amoris laetitia, 66), deixando-se transfigurar sempre mais pela luz do Senhor Ressuscitado, através de um contínuo e perseverante caminho de conversão que permita viver uma verdadeira comunhão de amor”. Leia a carta na íntegra.

Para o pontífice, é desse modo que as famílias, com o testemunho da palavra, “falam de Jesus aos outros, transmitem a fé, despertam o desejo de Deus e mostram a beleza do Evangelho e do estilo de vida que se propõe. Assim os esposos cristãos pintam o cinzento espaço público, colorindo-o de fraternidade, sensibilidade social, defesas das pessoas frágeis, fé luminosa, esperança ativa. A sua fecundidade alarga-se, traduzindo-se em mil e uma maneiras de tornar o amor de Deus presente na sociedade” (Amoris laetitia, 184). O Congresso também recebeu uma bênção apostólica do papa Francisco.

O Congresso Nacional da Pastoral Familiar reuniu mais de mil agentes de todos os regionais da CNBB. O tema que animou o encontro foi “Família, uma luz para a vida em sociedade”.

Também foi recebida pelo congresso uma carta do secretário do Dicastério para o Leigos, a Família e a Vida do Vaticano, o padre brasileiro Alexandre Awi Mello. O presbítero iniciou há uma semana as atividades no organismo da Santa Sé criado em agosto do ano passado e manifestou alegria pelas temáticas em pauta no evento em Cuiabá (MT): “Temas como os idosos, a adoção, a dimensão missionária da família, e a parceria entre a Pastoral Familiar e os Tribunais Eclesiásticos são de grande interesse também deste dicastério”.

Compromisso

Para o casal coordenador nacional da Pastoral Familiar, Khátia e Luiz Stolf, que atua no regional Sul 4 da CNBB, a urgência para o trabalho de evangelização com as famílias é sair do comodismo e “ir para o meio da sociedade que a cada dia se afasta mais dos valores morais e éticos, e também dos valores religiosos”. Um compromisso que pode ser assumido após o evento aponta que a missão que se coloca sobre cada agente é retornar para suas comunidades como anunciadores da Boa Nova, “não só para as comunidades, também, mas principalmente para a sociedade, sendo assim a igreja em saída que o Papa Francisco insiste tanto”.

Próxima edição
Ao final do encontro, foi anunciado o regional que irá sediar a próxima edição, que será realizada em 2020. O escolhido foi o Sul 4, com a cidade de Florianópolis (SC) como anfitriã. O anúncio foi feito pelo bispo de Sinop (MT) e referencial da Pastoral Familiar do regional Oeste 2 da CNBB, dom Canísio Klaus.

Coleta nacional
Atendendo ao convite para colaborar com a coleta “Juntos com a CNBB pela Evangelização”, o arcebispo de Cuiabá, dom Milton dos Santos, que presidiu a missa de encerramento, convidou os congressistas a manifestarem a comunhão eclesial na participação generosa na coleta nacional para a reforma da sede da CNBB, em Brasília (DF). Os casais da Pastoral Familiar dos 18 regionais da Conferência corresponderam com a doação de mais de quatro mil reais para a campanha.

Veja Também

Ano do Laicato

Ano do Laicato estimula protoganismo dos Cristãos leigos 23/06/2017 Laicato A Igreja no Brasil vai ...